quarta-feira, 2 de maio de 2012

Copa do Brasil: Torcida como aliada

Fortaleza confia em seu ´caldeirão´ para sair vitorioso do primeiro duelo contra o Grêmio pelas oitavas de final
Nada melhor do que, na preparação para encarar um papa-títulos da Copa do Brasil como o Grêmio, às 19h30 de hoje no PV, pelas oitavas, ter o apoio do seu torcedor. Assim aconteceu com o Fortaleza, que treinou ontem à tarde sob as mais variadas formas de incentivo de sua torcida.

A maior arquibancada do Estádio Alcides Santos ficou lotada com gente cantando o hino do clube e gritando o nome dos jogadores - inclusive dos reservas - como forma de motivar o grupo para o embate de hoje.

Elogios
"Sem dúvida que a torcida do Fortaleza é fantástica, sempre nos acompanha nos treinos e hoje até se superou. É importante porque nos motiva muito", comentou o técnico Nedo Xavier, para em seguida, emendar com um pedido de cautela. "Foi fantástica a participação da torcida, como será no estádio, mas temos que saber que o Grêmio é muito acostumado com esse tipo de coisa. De qualquer forma, será um apoio a mais para o time".

Os jogadores do Fortaleza rasgaram elogios ao Grêmio, como o lateral-direito Rafinha. "Não precisa nem falar porque se trata de uma das maiores equipes do Brasil e um candidato ao título. Temos que respeitar, mas a nossa torcida vai fazer um caldeirão, como também a deles fará no Olímpico", analisou Rafinha.

Para a partida, o atacante Cléo saiu de campo sentindo dores no joelho direito mas afirmou que não deve ser problema. Jailson e Esley retornam.

Fortaleza e Grêmio já se encontraram uma vez na Copa do Brasil. Foi na primeira fase da edição de 1997, edição que teve o Tricolor Gaúcho como campeão. Em Fortaleza, o Grêmio venceu por 3 a 2; em Porto Alegre, fez 3 a 1. A última partida entre estes dois clubes ocorreu no Campeonato Brasileiro de 2006: deu Fortaleza: 1 a 0, no mesmo Presidente Vargas, com gol de Rinaldo.

Do Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou disso?